terça-feira , 21 novembro 2017
A abertura do maior campeonato de peladas do mundo agitou multidões na tarde deste sábado (9), em Manaus, no Clube do Trabalhador do Sesi

Descontração, alegria, rainhas, futebol e paraquedismo na abertura do Peladão de A Critica

Manaus, AM – Que comecem os jogos do Peladão 2017! A abertura do maior campeonato de peladas do mundo agitou multidões na tarde deste sábado (9), em Manaus, no campo do Clube do Trabalhador do Sesi. Grupos de torcidas foram torcer pelos seus times, por suas rainhas, e também foram assistir à grande festa do futebol amador amazonense, que está só começando.

Muito agito da galera e muitas rainhas, representando aproximadamente 500 times, fizeram parte da abertura do Peladão. Ansiosas para adentrar o campo do Sesi, as meninas falaram de suas expectativas.

Lorena Santos, representante do time Santa Helena, está participando do Peladão pela primeira vez. “Estou nervosa demais. Nunca tinha pensado em participar do concurso, mas me incentivaram, minha mãe mesmo me deu a maior força, e foi o meu pai que me indicou para representar o time dele, e estou animada para ver o que vai acontecer, é tudo novidade e, além de tudo, estou conhecendo gente nova, está sendo legal saber o que cada uma tem a oferecer”, disse Lorena.

Outra candidata que está participando pela primeira vez do concurso de Rainha do Peladão é Andria Railane, 18, rainha do Clube Niteroy, da Colônia Antônio Aleixo. De cabelos cacheados e basicamente sem maquiagem, ela aposta na sua beleza natural para avançar na concurso.

“Gosto do meu cabelo, do meu rosto e do meu corpo, do jeito que ele é. Até comecei a malhar, mas gosto de ser assim como sou, e estou aqui para participar, dar o melhor de mim, e estou amando participar, pois todos estão tendo o maior cuidado comigo”, ressaltou ela.

Após momentos de ansiedade, as rainhas dos times participantes adrentraram o campo, e todo o  público aplaudiu as candidatas.

Depois, foi a hora de ser tocado o hino nacional e de ser feito o juramento do atleta, feito pelo ex-jogador, da Silva.

Em seguida, os jurados do Peladão avaliaram cada candidata, atribuindo notas para selecionar as 100 mais bonitas, que irão passar para a próxima fase do concurso.

Emoção e alegria

Depois, foi o momento da emoção, quando Arnaldo Santos fez uma homenagem póstuma ao jornalista Paulo Ricardo, que ajudou a escrever a história do Peladão com seus textos jornalísticos.

Após a homenagem, foi a hora da Rainha do Peladão 2016, Thaís Bergamini, entrar em campo, toda de rosa, e saudar o público. “Pude relembrar a minha trajetória até aqui. Gostei muito porque estar aqui trouxe muitas lembranças boas”, disse Thaís.

Quem também se apresentou ao público foram artistas de rua, homenageados este ano pelo Peladão.

“O Peladão não é só futebol, pois sempre abraça uma boa causa, e este ano queremos abrir os olhos das pessoas para que percebam os artistas de rua. Todo ano é especial”, disse Arnaldo Santos, que está à frente do Peladão há 24 anos.

Dando continuidade ao show, paraquedistas fizeram seus próprios espetáculos ao pousarem dentro de campo com as bandeiras do Amazonas e do Brasil, para delírio do público.

O Peladão começou, e o campeão do ano passado, T5 Jamaica venceu a Vila mamão novamente,  na repetição da final da edição passada, nos pênaltis. E vêm muito mais disputas por aí!

Amazonianarede-Acritica

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money