terça-feira , 21 novembro 2017
Dois homens presos e 23 kg de maconha do tipo skunk são apreendidos durante ação conjunta

Dois homens presos e 23 kg de maconha do tipo skunk são apreendidos durante ação conjunta

Manaus, AM – Na tarde desta terça-feira, dia 12, por volta das 15h, durante coletiva de imprensa realizada no prédio da Delegacia Geral, o delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), falou sobre as prisões, em flagrante, do auxiliar de cozinha Jorge Penha Padilha, 28, e do técnico de Informática Sildomar Gonçalves da Silva, 37, por tráfico de drogas.

Os infratores foram interceptados em locais distintos da capital, no início da tarde desta terça-feira, dia 12, por volta de meio-dia. Com eles foram apreendidos, respectivamente, 11 quilos de maconha do tipo skunk e 12 quilos da mesma substância ilícita, totalizando 23 quilos da droga.

De acordo com a autoridade policial, além de policiais civis lotados no Denarc e integrantes doGrupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), a ação contou com o apoio de servidores daSecretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

“Prendemos Jorge no Porto Privatizado de Manaus, localizado no bairro Centro, zona Sul da capital, após recebermos denúncia anônima informando a existência de drogas em uma embarcação que estava ancorada no porto, vinda de Tabatinga, município distante 1.108 quilômetros em linha reta da capital.

Durante revista no barco encontramos 11 quilos de maconha tipo skunk, que estavam guardados no camarote do auxiliar de cozinha. Em depoimento, ele relatou que pegou as substâncias ilícitas no município de Tonantins e que iria entregar a droga para um indivíduo hoje à tarde, em Manaus”, declarou Mavignier.

Ao longo da coletiva o diretor do Denarc disse que Sildomar foi preso na casa onde morava, situada na Avenida Cosme Ferreira, bairro Zumbi dos Palmares, zona Leste.

A equipe chegou até o técnico de Informática após receber denúncia anônima informando o endereço do infrator, que estava sendo procurado pela Justiça por homicídio cometido em 2012. No imóvel os policiais encontraram uma mala contendo 12 quilos de maconha do tipo skunk.

“Tínhamos uma investigação em curso, porque Sildomar seria responsável por alguns homicídios que ocorreram na capital e havia um mandado de prisão em aberto em nome dele, expedido no dia 21 de junho de 2012, pelo juiz Mauro Moraes Antony, da 3ª Vara do Tribunal do Júri. Durante depoimento o técnico de Informática assumiu que a droga pertencia a ele e que comercializava entorpecentes em Manaus”, relatou o delegado.

Na base do Denarc Jorge e Sildomar foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do departamento, os infratores serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona Sul da capital.

O técnico de Informática, ao término da Audiência de Custódia, será conduzido ao Centro de Detenção Provisória  Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça, em função do mandado de prisão por homicídio.

Recorde

Paulo Mavignier ressaltou, ao final da coletiva de imprensa, que de janeiro deste ano até esta terça-feira, dia 12, o Denarc, juntamente com o apoio do Grupo Fera e Seai, já apreendeu mais de quatro toneladas de drogas, entre cocaína, maconha e maconha do tipo skunk.

“Já batemos o recorde histórico de apreensões de entorpecentes da Polícia Civil no Estado, em relação aos anos anteriores”, argumentou o delegado.

Amazonianarede-SSP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money