quarta-feira , 13 dezembro 2017
A taça em disputa

Real e Manchester decidem a Supercopa esta tarde

Internacional – Nesta terça-feira, Real e Manchester decidem a Supercopa esta tarde e o  o atual melhor jogador do mundo estreia na temporada. Como jogou a Copa das Confederações na Rússia por Portugal, tirou férias mais tarde e não participou da fase preparatória do time. Só começou a treinar com o grupo no sábado passado, mas não há dúvidas de que está pronto para a grande decisão da Supercopa da Europa contra o Manchester United. O O jogo será tramitado  pela Rede Globo  Televisão.

– O que mais impressiona é que fisicamente ele está como no dia da final, sabe? Fazem dois meses já? O que interessa a mim, a ele, a todos, é isso. Estar conosco significa muito. Depois de três dias, se está com o time, está para jogar – disse o técnico do Real, Zinedine Zidane, sem garantir que o português começará o jogo.

Foi no United que Cristiano ganhou a primeira das suas quatro Bolas de Ouro, em 2008. Com os títulos da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol na temporada passada, caminha firme para ganhar a quinta. Seria a quarta pelo clube merengue. Mas os dias não têm sido tão sossegados para CR7.

Os rumores sobre uma possível saída do clube aumentaram durante as férias dele. Isso por conta dos problemas com o fisco espanhol. A imprensa britânica aposta numa saída e aponta uma volta ao Manchester como possível.

– São sempre muitas coisas que o envolvem, como sempre, mas ele está tranquilo – afirmou Zidane, sem querer deixar o assunto persistir.

E agora, José?

Mourinho estava pensativo durante o treino dos Diabos Vermelhos. Buscava uma forma de parar o atual campeão europeu? Ou refletia sobre o reencontro com o Madrid. A saída do Real completou sete anos em maio. Na entrevista coletiva da véspera da final, o técnico falou muito sobre aquela passagem de três anos pela Espanha. Aquele casamento gerou muita expectativa, mas não correspondeu como todos esperavam.

– A diferença é que, quando cheguei, o Real não era nem cabeça de chave na Champions, não passava nem das quartas de final. Os jogadores mais importantes do clube nunca haviam jogado as quartas de final. Quando saí, haviam jogado três semifinais consecutivas, era cabeça de chave, campeão na Espanha, ganhando partidas em casa e fora, inclusive contra o Barcelona. São pequenas grandes diferenças.

Nunca falei muito, não pedi nada que não tivessem dado. Saí com a tranquilidade de quem deixou lá tudo o que poderia deixar. Dei tudo. Saí, não sei como dizem isso em espanhol, sem vontade de lavar roupa suja. Minha preocupação era dar sempre tudo onde estou. No Real Madrid, dei mais do que em qualquer lugar.

O Manchester United começa a temporada como campeão da Liga Europa e tem no meia Paul Pogba seu principal porto seguro. Mas o francês ganhou um parceiro de peso nessa janela de transferências. O atacante belga Romelu Lukaku chegou há pouco tempo, mas eles não se desgrudam. O treino de segunda-feira mostrou isso. Foram longos minutos de brincadeiras e bate bola. Sempre juntos. Afinidade que promete render também no campo.

Prováveis escalações:

Real Madrid: Navas; Carvajal, Ramos, Varane, Marcelo; Modrić, Casemiro, Kroos; Isco, Benzema, Ronaldo.

Manchester United: De Gea; Valencia, Lindelöf, Smalling, Blind; Herrera, Matić, Pogba; Rashford, Lukaku, Mkhitaryan.

Amazomnianarede-GE

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money