quarta-feira , 22 novembro 2017
Confronto começou por volta das 19h30 depois que criminosos tentaram fazer um arrastão. Carros seguiram na contramão e trechos da via ficou sem luz.

Rio vive domingo de terror e pânico com tiroteio na Linha Vermelha

Rio – A bela e ex cidade maravilhosa, o Rio de Janeiro, que tem o Cristo Redentor de Braços abertos, viveu um domingo, de terror e pânico, imagens exibidas pelo Bom Dia Rio desta segunda-feira (17) mostram a situação em que motoristas que passavam pela Linha Vermelha ficaram durante um tiroteio na noite de domingo (16).

Criminosos tentaram fazer um arrastão na via,. , na altura do Conjunto de Favelas da Maré. Policiais do 22º BPM (Maré) chegaram para impedir e houve confronto. Em pânico, motoristas deixaram os carros e se esconderam atrás das muretas da via. Tudo começou por volta das 19h30.

Segundo testemunhas, os policiais que passavam pelo local pediam que os motoristas ficassem abaixados.

“Todo mundo se joga no chão, tinha gente que entrou dentro da mala no carro. Fica todo mundo acuado, um monte de gente gritando. Pularam o muro e foram para dentro do mato com medo. Passou muito carro. Estampava muito tiro, então, as pessoas ficam desesperadas e nessa hora a gente acaba tendo que ter um autocontrole muito grande. Todo mundo deitado no chão, todo mundo saiu do carro e passando muita polícia”, relatou um dos motoristas

Em um dos vídeos dá para ver um policial armado correndo entre os carros. Em seguida, passa outro PM e, segundos depois, mais três.

Segundo o Jornal O Globo, muitos motoristas se esconderam dentro do Batalhão da Maré para fugir dos tiros.

Um outro vídeo feito por um motorista mostra o carro blindado da polícia andando em alta velocidade na contramão da Linha Vermelha. O Batalhão de Choque e a Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil foram chamados para reforçar o policiamento.

“Estamos aqui na Linha Vermelha, tudo parado, todo mundo fora do carro. Preocupado com meu carro, com passageiro, com a segurança. O negócio está pegando fogo”, disse o motorista.

Alguns carros também seguiram pela contramão. Em alguns trechos, a Linha Vermelha estava às escuras. Minutos depois, os policiais liberaram o trânsito e, em menos de uma hora, o confronto voltou. O repórter cinematográfico da TV Globo Júnior Alves estava lá e registou o confronto.

Durante toda a noite deste domingo, foram vários fechamentos na Linha Vermelha por causa de confrontos entre policiais e bandidos do Complexo da Maré. Apesar dos tiroteios, não houve registro de feridos, nem entre os policiais, nem entre os moradores, nem entre quem passava pela via.

Ainda na madrugada, a equipe de reportagem do Bom Dia Rio percorreu a via expressa e não encontrou nenhum carro de polícia.

Amazonianarde-O Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money